VISTO ELETRÔNICO PARA NOVA ZELÂNDIA

Além do Brasil, a medida atinge outros 59 países, que não precisam do visto tradicional.

A partir de 1º de outubro, os brasileiros que viajarem para a Nova Zelândia vão precisar emitir um visto pela internet. 

Atualmente, os brasileiros não precisam de qualquer tipo de autorização para ficar por até três meses no país.

Para obter a autorização, os brasileiros terão que preencher um formulário com dados e objetivo da viagem, além de apresentar uma declaração de antecedentes criminais. O documento pode ser obtido a partir de 1º de junho e terá validade por dois anos.

Além da taxa do visto, o turista também terá que pagar taxa de proteção ambiental do país, anunciada em junho de 2018. Ela custa 35 dólares neozelandeses e também vale por dois anos.

Fonte: Folha de São Paulo